BLOG // MARCHA DA MACONHA

AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE A MACONHA


Manifesto Marcha da Maconha Niterói – 2014

12/04/14

manifesto político

A proibição não reduziu o número de usuários de drogas no mundo, por outro lado aumentou vertiginosamente o número de mortes e o encarceramento do setor mais vulnerável da sociedade. Marchamos pela legalização da maconha devido à certeza de que precisamos combater o extermínio da população pobre, jovem e negra, das periferias, favelas e das ruas dos centros urbanos, e que precisamos encarar a questão das drogas como um problema de saúde pública que deve ser conduzida de maneira a reduzir danos.

A vinda da Copa do Mundo e das Olimpíadas para o Brasil foi utilizada como pretexto para intensificar a suposta guerra às drogas, que na realidade se constitui numa politica de extermínio e encarceramento das vidas tidas como insignificantes para o Estado. As Unidades de Policia Pacificadora (UPP) surgem para garantir a segurança da comunidade, entretanto essa mesma polícia humilha, agride e assassina moradores das favelas. O que acontece na prática é a ocupação militar do território das favelas para manter o controle social. Vemos, portanto, a necessidade de desmilitarizar a polícia e abandonar a lógica de um Estado militar.

Para nós, o tema drogas é questão de saúde pública e não de segurança. O Governo Federal, porém, parece discordar disso adotando o programa “Crack, é possível vencer”. Como linha geral, o programa realiza internações forçadas de usuários de crack e vem norteando as demais políticas públicas sobre drogas no Brasil. Com a Reforma Psiquiátrica, as internações em hospitais psiquiátricos (manicômios) foram substituídas por uma Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) que conta com diversos serviços de saúde mental que respeitam os direitos humanos. O programa do governo retrocede na História ao reassumir manicômios de iniciativa privada e que são caracterizados por um forte fundamentalismo religioso. Em Niterói, o prefeito Rodrigo Neves recentemente anunciou o “Crack, é possível vencer” e conta com um pesado investimento em armas e equipamentos de monitoramento. Enquanto isso, praticamente nenhum investimento foi feito nos serviços de saúde.

O principal alvo do recolhimento são as pessoas em situação de rua que ficam no centro da cidade e não interessam aos grupos ligados a especulação imobiliária que desejam higienizar o centro expulsando essa população do seu território. No dia 18/05 é comemorado o dia da Luta Antimanicomial e nós também levantaremos essa bandeira em nossa marcha. Precisamos aprender a conviver com a loucura e, mais que isso, precisamos aprender o que a loucura pode nos ensinar. Libertar a consciência é combater a violência!

A Marcha da Maconha Niterói se coloca contra todo tipo de opressão. No dia 17/05, dia da nossa marcha, é também o Dia Internacional de Combate à Homofobia e nós entendemos que da mesma forma que desejamos controlar nossos próprios corpos e desejos sendo livres para escolher se queremos ou não utilizar certa droga, a comunidade LGBT também deve ter o direito de poder amar a quem quiser e assumir a identidade de gênero em que se reconhecer. Toda forma de amor é válida e homofóbicos não são bem-vindos! Nos posicionamos também contra o racismo, pois entendemos que a maioria dos mortos e encarcerados pela guerra às drogas são negros. Também somos radicalmente contra o machismo que transforma o tráfico de drogas na atividade que mais encarcera mulheres no Brasil, segundo dados do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN). Acreditamos que as mulheres devem ter direito ao próprio corpo e portanto defendemos também a legalização do aborto para elas junto à uma política de educação sexual e acesso à métodos de contracepção seguros.

Convidamos a todas e todos, maconheirxs ou não, para marchar com a gente por outra política de drogas e por uma sociedade livre de opressões!

Panfleto Marcha da Maconha Niterói – 2014

12/04/14

 

marcha niterói frente

marcha niterói verso

Projeto THCine dia 10 de abril no IACS/UFF

07/04/14

bichodesetecabecas4

Projeto THCine é uma iniciativa de ocupação cultural dos espaços públicos! Queremos fomentar discussões antiproibicionistas para fazermos a cabeça com informação de qualidade e pensarmos juntos nossa atual e desastrosa política sobre drogas.

Falta pouco mais de um mês para a Marcha da Maconha de Niterói (Confirme presença! – http://migre.me/iDyJP) mas a onda que não vai dar trégua à caretice já bateu! Seguindo nosso calendário de atividades, na semana que vem vai ter ‘Projeto THCine’ na Salinha dos DA’s do IACS.

Vamos exibir o filme ‘Bicho de Sete Cabeças’ (2001), da diretora Laís Bodanzky, e logo depois vamos botar um na roda pra acender a discussão sobre política de drogas e manicômios.

Essa quinta-feira às 18:00h na Salinha (Legalize!) dos DA’s do IACS. Programa perfeito para fazer o esquenta antes da tradicional Quintareira!

Evento no Facebook

Trailer – Bicho de Sete Cabeças

SINOPSE – ‘Bicho de Sete Cabeças’ (2001)

“Uma viagem ao inferno manicomial. Esta é a odisséia vivida por Neto, um adolescente de classe média, que leva uma vida normal até o dia em que o pai o interna em um manicômio depois de encontrar um baseado no bolso de seu casaco. O cigarro de maconha é apenas a gota d’água que deflagra a tragédia da família.
Neto é um adolescente em busca de emoções e liberdade, que tem suas pequenas rebeldias incompreendidas pelo pai. A falta de entendimento entre os dois leva ao emudecimento na relação dentro de casa e o medo de perder o controle do filho vira o amor do avesso.
Internado no manicômio, Neto conhece uma realidade completamente absurda, desumana, em que as pessoas são devoradas por um sistema manicomial corrupto e cruel. A linguagem de documentário utilizada pela diretora empresta ao filme uma forte sensação de realidade, que aumenta ainda mais o impacto das emoções vividas por Neto.
No manicômio, Neto é forçado a amadurecer. As transformações por que ele passa transformam sua relação com o pai.”

Reunião de balanço da Marcha- dia 18/5

18/05/11

Galera vamos fazer uma reunião no dia 18/5 no DACO_UFF às 19:00h… A pauta será um pouco mais livre e a reunião pretende fazer um balanço do nosso primeiro ano de coletivo,debater o que foi bom e o que foi ruim na primira Marcha da Maconha, e também estudar novas estratégias para a continuidade do movimento em Niterói.

Primeira Marcha da Maconha de Niterói reuniu 1.000 pessoas na praia de Icaraí

18/05/11

O dia começou com muitas surpresas, contrariando todas as previsões de tempo o céu amanhaceu azul, sem nenhuma núvem.. sinal de que coisas boas nos aguardavam! Fizemos a concentração a partir de 14h no início da praia de Icaraí, e o pessoal foi chegando.. chegando e chegando… Rolou uma apresentação do movimento, e consolidamos Niterói no calendário nacional das 17 cidades que organizam as Marchas pelo Brasil. 16: 20 pontualmente (espantem com a organização desses maconheiros) começamos a nossa Marcha e chegamos ao final da praia (18h) com cerca de mil pessoas cantando e gritando muito alto na orla da praia burguesa de Icaraí. Foi incrível ver tanta gente logo na primieira edição do evento aqui em Niterói. Não tivemos nenhuma pessoa detida, que alegriaa .. A marcha foi tão linda que até a P.M percebeu que não podia estragar a festa!! Nosso objetivo era levar para as ruas o debate pela legalização da maconha e também discutir uma nova política de drogas, e isso ocorreu de forma pacífica e democrática, em um belo domingo de sol em Niterói.Gostariamos de desejar as proximas marchas do “Maio Verde Brasileiro” muita força, e pedir as autoridades que cumpram com o seu dever de garantir a segurança e a liberdade de expressão prevista na constituição.Queriamos agradecer a presença de todo mundo que estava na marcha, foi um ato impecável, ano que vem tem mais! 

Temos rosto e somos muitos!

16/05/11

Ao contrário do que disse o senador Magno Malta, entre outros políticos que se manifestaram recentemente pela proibição da Marcha da Maconha, a Marcha da Maconha que ocorrerá no mês de Maio em mais de 19 cidades pelo Brasil têm rosto, nome e sobrenome. Amparados pela Constituição Federal, diversas pessoas, grupos, coletivos, organizam a Marcha da Maconha em suas cidades. A Marcha da Maconha não pratica apologia a qualquer tipo de crime, mas sim luta por direitos
garantidos a todos brasileiros que é pedir, dialogar e lutar por mudanças na legislação. Para que esse direito nos seja assegurado é que existem duas ações perante o STF que questionam a constitucionalidade das proibições à Marcha da Maconha. Vale ressaltar que o órgão que patrocinou ambas as ações foi a Procuradoria Geral da República (PGR). Leia mais…

É neste domingo, não perca

13/05/11

PRIMEIRA MARCHA DA MACONHA DE NITERÓI

com o Bloco Planta na Mente
concentração às 14hrs na Reitoria da UFF, Praia de Icaraí – saída às 16:20hrs

15 DE MAIO, ÀS 14HRS NA REITORIA DA UFF, PRAIA DE ICARAÍ

http://niteroi.marchadamaconha.org/

Calendário de atividades até o dia da Marcha da Maconha de Niterói

04/05/11

Calendário de atividades até o dia da Marcha da Maconha de Niterói

  • Quinta (05/05)
    • 16:00h – Criar Brasil na Lapa, programa sobre a legalização das drogas.
    • 22:00h – Panfletagem na cantareira. Encontrar este horário em frente à padaria ao lado do São Dom Dom.
  • Sexta (06/05)
    • 19:00h – Reunião/Oficina do Coletivo da Marcha da Maconha Niterói no DACO (IACS – UFF) / Pintar as faixas tie die limpas
    • 22:00h – Sair da reunião/oficina e ir panfletar na cantareira.
  • Sábado (07/05) – Marcha do RIO!
    • 13:00h – Encontrar em frente à reitoria da UFF para seguirmos para Ipanema todos juntos.
    • TODO MUNDO de camisa da Marcha da Maconha.
  • Segunda (09/05)
    • 22:00h – Panfletagem em frente ao São Dom Dom.
  • Terça (10/05)
    • 17:30 – Panfletagem palestra na OAB Niterói, sobre segurança pública.
  • Quarta (11/05)
    • Panfletar onde for assistir o jogo de noite.
  • Quinta (12/05)
    • 22:00h -  Cantareira,  em frente a padaria do lado do São Dom Dom.
  • Sexta (13/05)
    • 19:00 Entregar documento da marcha na delegacia de Icaraí e panfletagem.
  • Sábado (14/05)
    • 14:00h – Itacoatiara
    • 22:00h – Show de reggae em Piratininga.
  • Domingo (15/05 – Grande Dia!)
    • 14:00h – concentração com o Planta na Mente e a sociedade Niteroiense em frente à reitoria da UFF

 

OBS: EM TODOS ESTES DIAS ESTAREMOS VENDENDO A RIFA: http://4.bp.blogspot.com/-t5prd0IixCs/TauIQh1WaEI/AAAAAAAAALw/imQ1bnDQ0YU/s1600/_kits.jpeg

Reunião do Coletivo – 27/04 às 18:30 IACS

26/04/11

Galera a marcha está chegando e o Coletivo de Niterói fará uma reunião para definir os últimos traços para a nossa grande vitória.
Nesta quarta – feira (dia 27 de abril) às 18:30 no DACO ( Diretório Acadêmico de Comunicação Social) localizado no IACS (Instituto de Artes e Comunicação Social) que fica na Rua Lara Vilela, 126 (São Domingos, mas há quem diga que é Ingá também).
No mapa abaixo é a localidade de número 10.

http://www.uff.br/pagina/mapa/index.html

A pauta da reunião será:
- Informes
- Panfletagem (locais e distribuição da galera)
- Carro de Som
- Intervenção na Cantareira
- Rifa (balanço e distribuição de novos blocos)

Nosso blog http://niteroi.marchadamaconha.org/
Qualquer dúvida basta entrar em contato niteroi@marchadamaconha.org

Rifas para contribuir com a Marcha de Niterói

15/04/11

rifas

Page 1 of 212

arquivo

Visite também

Participe

Mande um email para niteroi@marchadamaconha.org

Lista de emails